A importância do banho de sol

A exposição ao sol com cuidado e proteção é muito importante e indispensável para o desenvolvimento e crescimento saudável de toda criança. Mas afinal, para que serve o banho de sol? Nesse post eu reuni todas as informações que recebi da pediatra da Julia sobre o assunto.
Quando Julia nasceu, a pediatra que deu a alta da maternidade orientou que desse banho de sol diariamente iniciando quando ela completasse 10 dias. Eu sempre tive costume de dar o banho de sol na nela pela manhã, pois nós morávamos em um apartamento que o sol batia na varanda, no horário ideal.

Quando mama, o bebê recebe da mãe pelo leite materno a vitamina D, que fica inativa no organismo. Para que essa vitamina se sintetize e proporcione a absorção do cálcio, o bebê precisa tomar banho de sol. São os raios solares que transformam a vitamina D inativa em ativa, conseguindo absorver melhor o cálcio, fundamental para o desenvolvimento e crescimento dos ossos.
Por isso o banho de sol deve ser diário, ou pelo menos três vezes na semana, e iniciado nos primeiros dias de vida, segundo a orientação do pediatra.

Como deve ser o banho de sol

O melhor horário para o banho de sol é de manhã, antes de 10 horas ou à tarde a partir de 16 horas. Os raios solares entre dez da manhã e quatro da tarde são muito fortes e prejudiciais ao bebê, que ainda tem a pele muito sensível. Aqui em Fortaleza, o sol é geralmente muito forte e eu costumava dar o banho de sol da Julia por volta de 7 horas da manhã.
Nos primeiros meses, o banho de sol pode ser feito em casa. Pode ser na varanda, no jardim e até mesmo próximo à janela. Mas é importante que a criança seja exposta ao sol direto. Se houver uma janela de vidro, esta deve estar aberta durante o banho de sol, porque raios solares que sintetizam a vitamina D não passam pelo vidro.
O tempo do banho de sol também deve ser limitado e orientado pelo pediatra. Nos primeiros dias, o tempo de exposição deve ser curto, aumento gradativamente até um máximo de uma hora, quando a criança já for maior. Quando o bebê é recém nascido, 10 minutos já são suficientes. Crianças maiores podem permanecer um pouco mais de tempo expostas ao sol, desde que seja no horário indicado acima.
Quando a Julia ficou um pouco maior, passei a levá-la para uma praça com parquinho perto de casa para tomar o banho de sol pela manhã. Assim ela podia também se divertir um pouco e gastar energia brincando. Atualmente, como ela já está na escola, a exposição ao sol é incluída nas atividades da escola.

Você sabia?

  • Pelo menos de 25% do corpo deve ser exposto aos raios solares.
  • O tempo necessário de exposição ao sol para que o organismo metabolize a Vitamina D deve ser de acordo com a cor da pele: quanto mais clara a pessoa, menos tempo ela precisa ficar ao sol e quanto mais escura a pele, mais tempo.
  • A vitamina D fica na superfície da pele e leva algum tempo para penetrar e ser absorvida. Por isso, não é aconselhável tomar banho logo após tomar sol. Caso precise tomar banho, deve ser evitado o uso de sabão, para que a vitamina D não seja eliminada da pele. O uso do sabão deve ser restrito às partes íntimas e que transpiram mais, como axilas, por exemplo.

Uso de filtro solar

Para que o nosso corpo consiga sintetizar a vitamina D, não se deve usar protetor solar durante o banho de sol. O protetor solar só deve ser usado quando a exposição ao sol for prolongada ou em horários de sol forte. Além disso, o filtro solar, mesmo indicado para uso infantil, não deve ser usado em bebês com menos de seis meses de idade, pois a pele ainda é muito fina e sensível, podendo causar irritação e alergia.
Que roupa usar
Também é muito importante usar roupas adequadas durante o banho de sol. A maior parte do corpo do bebê tem que estar exposta ao sol diretamente.
O ideal é que a criança esteja usando somente uma fralda. Qualquer outra peça de roupa vai dificultar os efeitos dos raios solares na pele. O rostinho do bebê é muito sensível e deve sempre ser protegido por um chapéu.
É normal o bebê chorar e ficar irritado durante o banho de sol, por causa do choque de temperatura que ele sofre quando tira toda a roupa. Para isso, as roupas do bebê podem ser tiradas aos poucos, à medida em que o sol aquece o corpinho dele. O ideal é tirar todas as peças de roupa, até que o bebê fique só de fralda, para expor a maior parte do corpo aos raios solares diretos.

Eu sempre começava com a Julia vestida com um body, depois tirava o body e deixava só de fraldinha, pra pegar sol no corpo todo.
Em climas quentes, o bebê pode ficar alguns minutinhos só com a fralda, sem correr o risco de pegar um resfriado. Já em tempos mais frios com vento, pode ser usada uma camiseta leve, de preferência de algodão, para proteger o peito e as costas do bebê e deixar braços e pernas expostos ao sol.

A importância da vitamina D

A vitamina D tem um papel importante em assegurar o funcionamento correto dos músculos, nervos, coagulação do sangue, crescimento celular e utilização de energia. A vitamina D também é responsável por proporcionar melhor saúde dos ossos, dentes que ainda estão em formação e pele.
Outro fator bem importante referente ao banho de sol em bebê, é que ele auxilia na diminuição da bilirrubina no sangue. A bilirrubina é a substância que causa icterícia nos bebês deixando-os com a pele amarelada. Com o banho de sol, a icterícia pode ser evitada e até mesmo diminuída.
Por isso o banho de sol é importante, para que a criança cresça e se desenvolva em um ritmo saudável, atingindo a altura e peso adequados para a sua faixa etária.
As fontes naturais mais ricas em vitamina D são alguns alimentos como ovos, leite, peixes, laranja, entre outros. Mas como já foi dito, a vitamina D fica inativa e só é sintetizada com os raios solares.

Carência de vitamina D

A falta de vitamina D na alimentação ou a inadequada exposição aos raios solares pode causar raquitismo na criança, doença do tecido ósseo que ocorre durante a fase de crescimento, caracterizada por inadequada mineralização do osso por falta de vitamina D ativa. A vantagem de morar em um país tropical é que o sol aparece quase o ano inteiro.

Espero que tenham gostado das dicas. Se você gostou deste post, compartilhe em suas redes sociais.

Fique à vontade para fazer um comentário e nos contar também a sua experiência.

Beijos! 😘

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz