A felicidade é a coisa mais indefinida e gostosa do mundo

Cheguei à conclusão de que a felicidade depende apenas de força de vontade, não de circunstâncias externas. A felicidade é o equilíbrio entre as nossas necessidades materiais e as necessidades espirituais. É quando aprendemos a encarar qualquer situação com serenidade.
A psicóloga Susan Andrews, explica que “a felicidade está esperando por nós de braços abertos. Precisamos apenas nos mover conscientemente na direção dela”.

Para os estudiosos da Universidade de Maastricht, na Holanda, a curva do nível de felicidade ao longo da vida são mais altos são quando somos jovens e quando estamos mais velhos. A justificativa para a relação entre idade e felicidade é que, para as crianças e jovens, tudo é novidade e os idosos, por já terem visto e vivido muita coisa, lidam melhor com a ansiedade e frustração, preocupando-se apenas com o necessário.

Isso significa que temos muito a aprender com as crianças e com os idosos. Podemos nos deixar contagiar pela empolgação de uma criança nos beneficiarmos da sabedoria dos idosos.

A maternidade me trouxe muitas experiências de vida que me fizeram refletir e amadurecer muito em relação a quando eu ainda não era mãe. Hoje consigo ver felicidade nos pequenos momentos da vida, a cada descoberta da Julia. Tudo pra as crianças é novidade e a empolgação delas é contagiante!

 

Algumas descobertas sobre a felicidade

O resultado de pesquisas revelou algumas coisas que contribuem para as pessoas serem mais felizes.

  1. Ser gentil transforma a nossa bioquímica e acalma nossas mentes. Além de se sentir mais feliz, a pessoa que é gentil também ajuda outras pessoas a se sentirem feliz.
  2. Segundo uma pesquisa do PhD e especialista em terapia de movimentos de dança Tal Shafir, ter uma boa postura traz bem estar, enquanto que ficar em posições retraídas atrai sentimentos depressivos e negativos.
  3. Segundo pesquisa publicada em maio de 2012 pela Universidade de Toronto, no Canadá, pessoas que costumam acordar cedo são mais felizes. A rotina de acordar cedo consequentemente faz com que se durma mais cedo, criando um relógio biológico propício ao relaxamento. Ponto pra nós mamães que sempre madrugamos, né?
  4. Segundo pesquisa da Universidade de Illinois, nos EUA, pessoas com mais amigos são mais felizes e têm amizades mais sólidas.
  5. Segundo estudos da Universidade Nacional de São Francisco, nos EUA, é muito importante ter equilíbrio quanto à forma de encarar o passado, o presente e futuro.  Não guardar rancor, ter boas expectativas para o futuro e cultivar gratidão pelo passado e presente, ajudam a pessoa a ser mais feliz.
  6. Para os estudiosos da Universidade Nacional de Taiwan, a felicidade é uma questão de saber equilibrar as expectativas associadas à realidade.  Ser uma pessoa otimista (mas realista) é um caminho para ser mais pleno e feliz.
  7. Segundo Eugenio Proto e Aldo Rustichini, das Universidades de Warwick e Minnesota, nos Estados Unidos, dinheiro não só não traz felicidade, como é capaz de diminuir os pensamentos felizes, porque quanto maior for o patrimônio de uma pessoa, maiores são as suas preocupações.
  8. Alguns estudos independentes chegaram à conclusão de que viver experiências traz mais felicidade que consumir produtos.

 

E você, tem uma fórmula de felicidade? Conta pra gente!

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz