Quando iniciar o desfralde?

A fase do desfralde vem junto com muitas dúvidas e inseguranças tanto dos pais quanto dos filhos e com a gente também foi assim. Nesse post eu escrevi as principais recomendações dos especialistas sobre o desfralde. Nem todas as recomendações se aplicam  em cada caso, por isso elas não podem ser levadas como regra. Estou preparando um post com a nossa experiência e como tudo isso funcionou na prática.

Preparação

  • A idade mais recomendada para iniciar o desfralde é a partir dos 2 anos, mas isso não pode ser levado como regra. Cada criança tem o seu tempo e o desfralde pode começar um pouco mais tarde em alguns casos, sem que isso seja um problema.
  • A partir dos dois anos os hábitos da criança estão mais definidos. Nessa fase, já sabemos a frequência e a quantidade de xixi e cocô que a criança faz e até os horários. Isso pode ajudar a definir o melhor período do dia pra criança ficar sem fralda.
  • Se os horários forem previsíveis, o desfralde pode se iniciar gradualmente. No início, não tem necessidade de tirar a fralda completamente. Por exemplo, a criança pode usar fralda de manhã e ficar sem fralda à tarde ou vice versa.
  • Outro ponto importante para saber quando tirar a fralda é levar em conta a coordenação, ou seja, se a criança anda e corre com firmeza, consegue se sentar por dois ou três minutos na mesma posição, ou consegue tirar e colocar a calcinha/cueca com facilidade.
  • O desfralde é mais fácil quando a criança consegue entender instruções, e se comunicar bem. No caso de algumas crianças, pode ser necessário muita conversa pra explicar porque ela está aprendendo a deixar as fraldas.

 

Observando os sinais

Devemos observar a capacidade de controle da criança em segurar o xixi e o cocô (esfíncteres ). Por exemplo, se ela se incomoda quando está suja, pede para trocar a fralda ou avisa antes de fazer. Eu já li que algumas crianças se escondem em um canto da casa e se abaixam quando querem fazer cocô, mas a Julia nunca fez isso.

Observar os sinais é importante, mas mesmo se a criança der todos os sinais, não quer dizer que a ela queira deixar de usar fraldas. A criança pode até demonstrar consciência de que tem um lugar específico para fazer xixi e cocô, mas criar um hábito totalmente novo pode levar bem mais tempo do que as nossas expectativas. A gente tem que se colocar no lugar da criança e entender que  ela usa fraldas desde que nasceu e um belo dia a gente chega e diz que isso vai acabar. Toda mudança de hábito tem que ser feita com muita paciência.

Como tirar a fralda

  • Primeiro, deve acontecer o desfralde diurno, em um período tranquilo da vida da criança, ou seja a criança deixa de usar fralda durante o dia, mas continua usando à noite.
  • Devemos evitar épocas de transições na vida da criança e da família, como mudanças, entrada na escola,etc.
  • O desfralde deve ser iniciado na estação mais quente do ano, porque a criança tem que usar roupas leves para facilitar a troca.
  • Devemos explicar à criança que ela deve avisar quando quiser usar o banheiro, mas pode demorar pra ela aprender a fazer isso. Pode ser que a gente tenha que dar as mesmas instruções incontáveis vezes, até a criança resolver fazer.
  • Podemos optar por um penico ou um redutor de assento para criar o novo hábito. Algumas pessoas gostam de começar pelo penico e depois passar para o redutor de assento, mas isso não precisa ser uma regra.  O redutor de assento deve ter apoio para os pés, para que a criança fique em uma posição que estimule a evacuação, conhecida como prensa abdominal. Não devemos colocar a criança no vaso sanitário sem o redutor de assento, porque além de causar insegurança (porque o vaso é grande para ela), a criança não se firma e não consegue fazer a força necessária para evacuar.
  • Devemos comemorar quando a criança avisar a tempo de usar o banheiro, mas sem exageros, pra não criar muita expectativa e causar ansiedade.
  • Se a criança não conseguir avisar e escapar, não devemos reclamar ou dar bronca.
  • Em alguns casos, ver irmãos e primos mais velhos usando o banheiro é um estímulo para a criança, que deseja copiar os maiores. A escola, com o exemplo dos outros alunos, também pode  ajudar.
  • O tempo de desfralde pode ser de poucos dias para uma criança ou mais de um mês para outra.
  • Quando o processo está estabilizado e o desfralde diurno for um sucesso, podemos partir para o desfralde noturno, mas esse pode demorar mais. A fralda da noite pode ser necessária para algumas crianças até os 4 ou 5 anos.
  • Quando começar os desfralde noturno, é aconselhável diminuir a ingestão de líquido antes da hora de dormir. A criança deve criar o hábito de ir ao banheiro antes de ir para a cama. Pode ser preciso levá-la ao banheiro nas primeiras madrugadas do desfralde. O ideal é começar o desfralde noturno quando perceber que a fralda amanhece seca.
  • Outro hábito importante que devemos criar é desde o início do desfralde, levar a criança ao banheiro logo que ela acordar pela manhã. Esse hábito será muito importante quando iniciar o desfralde noturno.

Quando pedir ajuda

O desfralde deve ser algo natural, mas que precisa de certa maturidade da criança. A fralda diurna não costuma representar problemas para os pais, mas a noturna é mais desafiadora: pode levar de seis meses a dois anos para que para a criança consiga controlar. O caso só preocupa os médicos quando a criança tem mais de 5 anos e ainda faz xixi na cama diariamente ou mais de uma vez por noite, o que pode ser caracterizado como enurese noturna, que requer avaliação médica para ser diagnosticada e tratada.

 

 Leia também: Desfralde na vida real

Deixe um comentário

1 Comentário em "Quando iniciar o desfralde?"

Notify of
avatar
Sort by:   newest | oldest | most voted
trackback

[…]  Leia também: Quando iniciar o desfralde? […]

wpDiscuz