A origem do dia das crianças

O dia das crianças é reconhecido em várias nações ao redor do mundo para homenagear as crianças, cuja data efetiva de comemoração varia de país para país. Foi proclamado pela primeira vez durante a Conferência Mundial para o Bem-estar da Criança em Genebra em 1925, sendo celebrado desde então o Dia Internacional da Criança a 1 de junho, adotado em outros países. No Brasil, o dia das crianças é solenizado em 12 de outubro.

A ONU reconhece o dia 20 de novembro como o Dia Mundial da Criança, por ser a data em que foi aprovada a Declaração Universal dos Direitos da Criança em 1959 e a Convenção dos Direitos da Criança em 1989.
No entanto, a tradição dos presentes no dia das crianças surgiu 40 anos depois, na década de 1960, quando duas grandes empresas (de brinquedos e de produtos para bebês) lançaram uma promoção conhecida como a “Semana do Bebê Robusto”. O faturamento foi excepcional. Nos anos seguintes, outras empresas adotaram a mesma estratégia, realizando promoções durante a semana da criança, sem o mesmo êxito. As empresas fabricantes de brinquedos então, de comum acordo, adotaram o dia 12 de outubro como o dia da criança. Desde então, a data é explorada pelos comerciantes como mais uma oportunidade de promover o consumo.

Desde 1980, dia 12 de outubro é um feriado nacional devido à comemoração da padroeira do Brasil.
Apesar da maioria dos países terem adotado a data estabelecida pela ONU, outros comemoram o dia das crianças em diferentes datas.