Montar quebra-cabeça ajuda no desenvolvimento mental

Desde criança eu gosto muito de montar quebra-cabeça, por ser divertido e desafiador. Dizem que os pais, inconsciente ou conscientemente, acabam projetando nos filhos os seus desejos de infância e eu acho que isso tem alguma verdade. Quando a Julia completou 1 ano e meio, eu botei na minha cabeça que a ela tinha que ter um quebra-cabeça e comprei um de 20 peças (kkkk). Tudo em, eu exagerei, porque na caixa a indicação era para crianças a partir de 2 anos, mas ela adorou. No começo não sabia manusear muito bem as peças e nós montávamos junto com ela. Com o tempo ela foi entendendo melhor a brincadeira e passou a desenvolver muita habilidade. Hoje em dia a Julia adora montar quebra-cabeçae tem vários. Como de costume, eu não me segurei e fui pesquisar sobre os benefícios dessa brincadeira para bebês e olha só o que descobri!

Montar quebra-cabeça é sem dúvida uma brincadeira muito divertida. Mas além de divertida, essa atividade pode trazer muitos benefícios para o desenvolvimento mental das crianças. O brinquedo é um ótimo aliado para melhorar as habilidades motoras e a firmeza nas mãos, que serão fundamentais durante o processo de alfabetização, por exemplo. Cientistas da Universidade de Chicago, nos Estados Unidos, descobriram que montar quebra-cabeça entre os dois e quatro anos de idade, ajuda a desenvolver habilidades espaciais e matemáticas, que serão de grande utilidade na vida adulta. Pessoas que montaram quebra-cabeça quando criança, apresentam maior habilidade para converter formas mentalmente depois de adultas.

5839800480_b55f3a710f_o

Os quebra-cabeças também auxiliam pessoas de qualquer idade no desenvolvimento físico, psicomotor e neurológico, além de aprimorar a noção espacial, a percepção visual e a capacidade de concentração. A ação conjunta da mão com os olhos que realizamos para juntar as peças nos ensina a trabalhar de maneira coordenada. Além disso, pode ser uma ótima maneira de ensinar seu filho a trabalhar em equipe, montando junto com ele e estimulando-o a fazer isso com outras crianças.
15748352203_bfa1e11111_o

Um modelo ideal para a crianças pequenas é o quebra-cabeça progressivo, ou seja, que vem três quebra-cabeças com 2, 3 e quatro peças, oferecendo assim vários níveis de dificuldade de acordo com a habilidade da criança. As crianças acima de 3 anos já são capazes de montar quebra-cabeças de 20 ou 30 peças.