Exame Positivo! Como descobri que estava grávida.

Exame positivo! Surpresa e muitas emoções. Lembro como se fosse hoje! Descobri a minha gravidez com mais de 10 semanas. Muitas pessoas se perguntam como é possível uma mulher estar grávida e não perceber. Mas acredite, esses casos acontecem e não são tão raros como muitos imaginam.  Dependendo das circunstância em que a mulher se encontra, os sinais do início de uma gravidez pode ser confundido com outras coisas.

Se a mulher estiver levando um ritmo muito acelerado com muito trabalho e muitas preocupações, é possível que não desconfie da gravidez nas primeiras semanas. Foi o que aconteceu comigo. Eu tinha passado pela perda da minha mãe, e na época eu ainda sentia alguns sintomas de ansiedade. Comecei a sentir muita azia, mas como era algo que eu já vinha sentindo há alguns meses, não relacionei  com gravidez. Além disso senti apenas uma leve intolerância para cheiros fortes, principalmente pela manhã, mas como tenho rinite alérgica, isso não era nenhuma novidade para mim. Quanto ao sono e ao cansaço, isso também não me chamou atenção nenhuma, afinal eu estava trabalhando muitas horas por dia e não era de estranhar que eu me sentisse cansada. Na verdade, a minha gravidez foi, sem dúvida, atípica, pois eu não senti a maioria dos sintomas que a maioria das mulheres sentem, o que deixava os médicos surpresos.

A minha primeira desconfiança de gravidez foi o atraso na menstruação, mas pelas minhas contas, era um atraso normal de apenas alguns dias, pois eu estava sentindo os sintomas pré menstruais normais, que para mim sempre foram muito leves e nunca me impediram de realizar as minhas atividades diárias. Mas o que eu não sabia é que eu já estava grávidíssima! A única explicação que eu encontrei foi que confundi o sangramento do início da gravidez (nidação) com a menstruação. Eu achei que naquele mês a minha menstruação estava um pouco diferente e pensei em marcar uma consulta com o ginecologista para saber se estava tudo bem. Mas acabei adiando essa consulta por causa da falta de tempo e do excesso de trabalho.

Nem sempre é fácil distinguir uma menstruação de um sangramento vaginal durante a gravidez, principalmente se a mulher ainda não sabe que está grávida. As características do sangramento menstrual são diferentes de mulher para mulher. Há aquelas que têm um fluxo menstrual pequeno e de curta duração, que pode se parecer com sangramentos que ocorrem durante a fase inicial da gravidez. Por isso, não é incomum encontrar casos de mulheres que sangram durante os primeiros meses de gestação e acham que estão menstruando normalmente. Quando acontece um sangramento no primeiro trimestre da gestação, geralmente, está relacionado com mudanças que acontecem no corpo da mulher. Ele pode ocorrer devido às alterações hormonais ou quando óvulo fecundado se acomoda no útero, rompendo alguns vasos sanguíneos. O fato é que toda gestante apresenta algum sangramento de implantação, sem que isso represente necessariamente um risco para a gravidez. Algumas mulheres nem notam a sua presença, outras apresentam sangramentos por algumas horas ou alguns dias. Para algumas mulheres, o fluxo vai se assemelhar a uma menstruação muito leve; é por isso que, de vez em quando, ocorre a confusão entre os dois.

barrigao7

 

 

Colica

Junto com esse sangramento de implantação que ocorre no início da gravidez pode haver uma cólica leve conforme o óvulo se implanta e o útero. Mas as cólicas do sangramento de implantação são geralmente muito mais leves do que as de uma menstruação normal. Como as minhas cólicas sempre foram muito leves eu não percebi nenhuma diferença. A parte complicada é que os sintomas do início da gravidez são bem parecidos com os que ocorrem no começo da menstruação. No meu caso eu sinto muito pouco incômodo no começo da menstruação e às vezes não sinto absolutamente nada, até esqueço que estou nesse período. Isso com certeza ajudou a camuflar ainda o início da minha gravidez.

Enjôo

O enjoo não deixa dúvidas. Muitas mulheres sentem enjoo de manhã cedo no início da gravidez; elas ficam enjoadas com certos cheiros que antes podiam ser até agradáveis, como o cheiro de café, por exemplo. Algumas chegam a vomitar logo de manhã, o que indica que alguma coisa fora do normal está acontecendo. Porém, como eu já disse antes, não senti enjôo nenhum, apenas uma intolerância a cheiros fortes e um pouco de azia.

 

Apenas no segundo mês que fui realmente constatar a ausência da menstruação. Como eu estava me sentindo disposta, pensei que estivesse grávida de poucos dias. Comecei a sentir um leve aumento no volume dos seios e um cansaçõ nos quadris. Por isso resolvi fazer um teste de farmácia para tirar a dúvida e deu positivo. Logo depois fiz o exame de sangue para confirmar. Depois foi só tomar todos os cuidados e providências iniciais e curtir a gravidez que foi tranquila do início ao fim!

Deixe um comentário

1 Comentário em "Exame Positivo! Como descobri que estava grávida."

Notify of
avatar
Sort by:   newest | oldest | most voted
trackback

[…] A minha história é um pouco incomum,quem me acompanha sabe que eu tenho uma filha de 3 anos e só descobri que estava grávida quando estava com 3 meses. Tudo isso porque minha menstruação estava vindo todos os meses, mesmo que de forma irregular. Na época, eu achava que era stress, porque sempre fui muito regular. O obstetra que me acompanhou nunca me explicou porque isso ocorreu. Como eu sou curiosa, fiz algumas pesquisas e escrevi pra vocês algumas explicações que a medicina tem para esse fato. Leia o post AQUI. […]

wpDiscuz